Lifestyle

Confira a postagem desta categoria :)

O que fazer para que meu amor sinta minha falta?

Resolvi criar uma categoria no blog para trocarmos ideias e experiências de vida sobre relacionamentos, não só amorosos, mas relacionamentos interpessoais de forma geral, a partir de agora você nunca mais será capacho de ninguém, vamos transformar você em uma mulher poderosa! De forma geral irei me referir a mulher e relacionamentos amorosos, mas as dicas valem para todos, e se você está passando por um momento “capacho” deixe seu comentário que irei te ajudar, pois uma opinião de quem está de fora da situação é sempre bem vinda, mas caso não se sinta à vontade para comentar pode entrar em contato comigo que publicarei sua dúvida, mantendo sua identidade em segredo ;)

Muitos de nós quando sentimos  que não estamos sendo correspondidos, que estamos “dando mais do que recebendo” começamos a nos perguntar: o que eu posso fazer para que meu amor sinta minha falta?

Esse é o seu primeiro e maior erro! Você não deve focar no que VOCÊ deve fazer, mas sim no que ELE/ELA deve fazer para te conquistar e mudar seu foco! Não digo isso com petulância, nem porque me acho melhor ou superior, mas um relacionamento deve ser 50% – 50%, você deve dar e receber na mesma proporção, senão seu relacionamento fica desequilibrado e você acaba se tornando carente, e a conclusão disso? O amado ou amada sai correndo de você como um gato fugindo de um banho gelado…

Pra quê seu amor vai correr atrás de você se já te tem na mão?? O ser humano é assim, gosta de desafios e fica entediado com coisas (e pessoas) que não oferecem DESAFIO.

A regra do post de hoje é FOCO. Mude o foco da sua vida: tire o foco do namorado/marido/rolo/peguete e afins e foque em você. Quando começar a se sentir louca de vontade de exagerar na dose e se tornar sufocante vá ouvir uma música, por exemplo. Cuide de você, dos seus cabelos, do seu corpo, chame uma amiga para caminhar, não esteja sempre disponível, pelo seu bem e pelo bem da sua relação.

Não pense em como fazer para que ele te dê mais atenção, ou que corra atrás de você, afinal, ele também é ser humano e não deve se tornar um capacho. Como disse mais acima, a relação deve ser meio a meio, isso sim é uma relação saudável. Se você sente que não está sendo valorizada, pense em como você pode se valorizar mais e como gostaria de ser conquistada, fazendo isso já é meio caminho andado, pode ter certeza.

Desde o momento que você implorar e cobrar por carinho, automaticamente envia uma auto-mensagem de que é inferior. Enquanto você amar mais seu companheiro do que a você mesma, sempre se sentirá insegura e acabará fazendo muitas besteiras. Quando seu companheiro notar que você começou a se cuidar mais e que isso poderá atrair “concorrência”, e que não está implorando por atenção, pois você leva bem sua vida fazendo o que tem vontade e se cuidando, ele verá isso como um desafio.

“Mas e se ele mesmo assim não me quiser, Bruna?”

Simples meu bem: seu foco não é seu amor, é você. Se o seu amor não te quiser, você terá muitas outras coisas para fazer, pois a partir de agora você está se cuidando, tanto fisicamente quando mentalmente! Cuide do seu jardim, pois o dele já está todo florido de tanto você “regar”, enquanto o seu parece um matagal… O que diferencia uma boba de uma poderosa é que a poderosa vê a oportunidade de melhorar mesmo em situações tristes, enquanto a boba fica choramingando pelos cantos e não toma nenhuma atitude para se reerguer, entendeu? E isso também serve para os homens, viu?

Bjs :**

Comente


Ou comente usando seu Disqus:


Veja Também